Santo Amaro: sem repasses, Santa Casa de Oliveira dos Campinhos fecha as portas

A Santa Casa de Oliveira dos Campinhos – Hospital Nossa Senhora da Vitória, em Santo Amaro, vai fechar as portas a partir da próxima quarta-feira (13).
De acordo com um ofício assinado pelo provedor da unidade, José Cerqueira de Mattos Sobrinho, e enviado ao prefeito Flaviano Rohs (DEM) e também ao secretário de Saúde, João Militão, o encerramento das atividades acontece “devido à falta de repasse de recursos referente ao mês de julho, falta de contrato para continuidade do atendimento”, e também por causa “do atraso salarial referente aos meses de julho e agosto”.
Em dos trechos do documento, o provedor argumenta que não possui “condições de manter o funcionamento da unidade hospitalar, visto que não temos mais condições de manter o quadro mínimo de funcionários para prestar uma assistência adequada aos pacientes internos”.
Ele ressalta também que reconhece ao “empenho da gestão municipal em resolver a situação” e que se coloca “à disposição para esclarecimentos necessários”.
Em conversa com o site, o secretário municipal informou que a crise na Saúde se agrava desde a gestão passada. “O atual prefeito tentou administrar a situação, mas não deu conta. A gente não tem condições porque o recurso que vem do Ministério da Saúde não é suficiente para o município, são R$ 406 mil. Além disso, o município sofreu perda também por causa da Operação Adsumus, quase R$ 28 milhões foram desviados, e boa parte era para isso”, afirma João Militão.
De acordo com Militão, a prefeitura está disponível para diálogo. Ele acrescenta ainda que nos próximos meses será inaugurada uma unidade estruturante, próximo do hospital que será fechado, para que possa atender essa demanda.
*BNews