CONCEIÇÃO DO ALMEIDA: Biometria não será obrigatória nas eleições deste ano

Eleitores do município de Conceição do Almeida, no Recôncavo baiano, não precisam ter pressa para realizar o recadastramento biométrico. Por enquanto, no município e em outras cidades da região, como Amargosa e São Miguel das Matas, o processo de revisão biométrica não é obrigatório para estas eleições, mas somente para 2020.

Mesmo assim, após uma audiência realizada entre o prefeito de Conceição do Almeida, Ito de Bêga (PSD), e o presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), desembargador José Rotondano, o prefeito se comprometeu a instalar provisoriamente um posto de recadastramento na sede do município, a partir do mês de março, e o desembargador Rotondano irá viabilizar.

Durante o período do recadastramento, a Prefeitura irá disponibilizar transporte gratuito para os moradores da zona rural. “O objetivo desse posto de atendimento é reduzir o sofrimento do povo que precisa se deslocar até São Felipe ás 3h, 4h da manhã, para tentar um lugar na fila do recadastramento no cartório da cidade”, garantiu o prefeito.

O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) lembra que os eleitores que não fizeram a biometria, poderão votar normalmente nas próximas eleições, desde que o título esteja regular.

 

*Ba.cidades




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *