Melhor vendedor de 2016 participa de megapalestra em Santo Antônio de Jesus e Valença

Leonardo Mattos foi considerado pelo Mercado Livre o melhor vendedor do Brasil no ano de 2016. Case de sucesso nacional, o empreendedor participa de megapalestra da Semana do Microempreendedor Individual em Valença, nesta quarta-feira (16), às 19h, no auditório da Faculdade de Tecnologia de Valença (Factiva); e em Santo Antônio de Jesus na quinta (17), mesmo horário, no Centro Cultural. A caminho do Baixo Sul da Bahia, o palestrante fez uma escala em Santo Antônio de Jesus, quando participou de uma coletiva de imprensa na tarde desta quarta-feira. O evento, iniciado na última segunda, 14, segue com atividades até a próxima sexta, 19.

O microempreendedor atuava no segmento têxtil e conseguiu acumular uma dívida de pouco mais de R$ 1,5 milhão. Foi quando viu no adubo orgânico a saída para quitar seus débitos e tomar um novo rumo no mundo dos negócios, fornecendo o produto em lata. Para ele, o empresário precisa inovar para obter resultados.

“Eu costumo falar que o sucesso vem do esforço. Eu fracassei, você não precisa quebrar nenhuma vez para ter sucesso, porque é muito sofrido. Dá para fazer sucesso de primeira, cometendo apenas erros que não são cruciais para o seu negócio”, comenta.

Natural de São José do Rio Preto, no interior de São Paulo (SP), além de empresário e palestrante, Leonardo também lançou um livro sobre empreendedorismo – “Quebrei: guia politicamente incorreto do empreendedorismo” –, para compartilhar os erros cometidos no negócio, a fim de contribuir para que outros empreendedores não cometam os mesmos deslizes.

Ele, que também é MEI, já participou de capacitações no Sebrae, como o Empretec, e ressalta a importância da instituição para os pequenos negócios. “Faço cursos sempre no Sebrae. Inclusive o meu produto foi construído depois de algumas palestras que eu fui, para melhorar tanto a embalagem, inovação, enfim, abrir a mente mesmo para enxergar o mercado de forma diferente. O Sebrae nos dá um suporte imenso e é preciso saber aproveitar, vir visitar a unidade, participar dos eventos, porque tem muito conteúdo aqui”, acrescenta o palestrante.

“O legal do MEI é que você fica formalizado e consegue atender clientes maiores que precisam de uma nota referente ao serviço ou produto que você está ofertando. E isso me ajudou bastante, porque eu sou pequeno, mas tenho atitude de grande. É uma forma de se profissionalizar mesmo. O mercado te enxerga de uma forma diferente quando você está formalizado”, completa.

O gerente regional do Sebrae em Santo Antônio de Jesus, Carlos Henrique Oliveira, atenta para as qualidades e diferenciais do palestrante. “Procuramos um profissional gabaritado e que pudesse falar com propriedade a linguagem do MEI, e Leonardo é um case muito interessante, por toda a sua atividade. Quem não cria e não inova, não será diferenciado no mercado, e foi o que ele fez: criou, inovou e hoje já é destaque no mercado, atuando em todo o Brasil como palestrante, conferencista, levando o seu produto para que todos conheçam”, sinaliza o gestor.

Sobre a Semana do MEI

Com foco em inovação e finanças, a 9ª edição da Semana do Microempreendedor acontece de 14 a 19 de maio, com mais de 16 mil vagas de capacitação gratuitas em 107 municípios baianos. A programação completa e as inscrições estão disponíveis em www.semanadomei.com.br.

*Agência Sebrae de Notícias Bahia