Bembé do mercado é reconhecido como Patrimônio Cultural do Brasil

 

Foto: Divulgação

O Bembé do Mercado se tornou na tarde desta quinta-feira, 13, Patrimônio Cultural do Brasil. A festa de matriz africana acontece todos os anos, no dia 13 de Maio, na cidade de Santo Amaro da Purificação (a 72 quilômetros de Salvador), no Recôncavo baiano.

O reconhecimento ocorreu após o Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural, do Instituto do Patrimônio Histórico e Artística Nacional (Iphan) aprovar por unanimade o registro da festa. Segundo relatos, o clima após o reconhecimento foi de emoção entre os representantes do festejo que estavam presentes.

A presidente do Iphan, Kátia Bogéa, explica que “a celebração compreende uma multiplicidade de sentidos, a ser entendida e vivida de várias maneiras, sendo capaz de se integrar às histórias de vida de seus agentes entre si, na cidade e para fora dela, e por isso considerada uma celebração única”.

Segundo o diretor do departamento do Patrimônio Imaterial do Iphan, Hermano Queiroz, a partir de agora, será feito um plano de Salvaguarda de longo prazo entre o Iphan, órgãos municipais, estaduais e federais, em busca da manutenção dos costumes, que foram, são e que ainda serão transmitidos de geração para geração.

O Bembé do Mercado

O Bembé do Mercado, tombado como Patrimônio Imaterial da Bahia pelo Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (Ipac), desde 2012, é considerado, o maior candomblé de rua do mundo, reunindo mais de 40 terreiros. Os festejos do dia 13 de Maio acontecem há mais de 130 anos e celebram a abolição da escravatura no Brasil.

A celebração da liberdade através do Bembé do Mercado começou em maio de 1889, para festejar o primeiro ano da abolição da escravatura e permanece ativo até os dias de hoje, como evento que não apenas resiste ao tempo, mas mantém a essência da população local.

O pedido do registro aconteceu em 2013 pela Associação Beneficente e Cultural Ilê Axé Qjú Onirè, que é a entidade que está à frente da manifestação.

Fonte A Tarde Online




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *