Estudantes de universidade particular acusam colega de assédio sexual; suspeito é preso e expulso da instituição

Duas estudantes da Universidade Salvador (Unifacs) acusam um colega da instituição de assédio sexual e o suspeito foi preso pela polícia. Douglas Mendes Lopes, de 30 anos, será apresentado à imprensa, em coletiva nesta terça-feira (14), na 16ª Delegacia Territorial (DT), na Pituba, em Salvador.

Douglas é estudante de design gráfico e já foi expulso da unidade de ensino. A Polícia Civil não divulgou mais detalhes sobre a prisão.

Em nota, a universidade informou que tomou conhecimento sobre as denúncias de assédio sexual na semana passada. “A instituição apurou os fatos, dando apoio aos alunos e seus familiares envolvidos na situação, com acompanhamento integral de profissionais das áreas jurídica e de serviço social. Após a instalação de sindicância interna da universidade e a apuração por parte dos órgãos públicos legais, o aluno foi expulso da instituição”, diz o comunicado.

A Unifacs diz ainda que repudia qualquer ato de assédio e violência de gênero dentro e fora da instituição e encoraja todas as mulheres vítimas de abuso a denunciarem.

*G1




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *