Militar é preso após abandonar expediente na Base Naval de Salvador levando fuzil e munições

Um militar da Marinha do Brasil foi preso suspeito de abandonar o expediente na Base Naval de Aratu, no bairro de São Tomé de Paripe, no subúrbio de Salvador, levando um fuzil e munições. A informação foi divulgada pela Marinha nesta segunda-feira (8).

O desaparecimento do homem, no entanto, ocorreu na madrugada de domingo (7). Além dos armamentos, ele saiu da base também com um rádio comunicador.

O caso foi acompanhado pela Polícia Federal (PF), Polícia Militar (PM) e pela Polícia Civil, através da 5ª Delegacia, em Periperi. O militar foi preso no bairro de Fazenda Coutos, também no subúrbio da capital, e encaminhado para a base da Marinha, onde está preso.

Em nota, a Marinha informou que o armamento, a munição e o rádio foram recuperados. Ainda conforme a corporação, o militar foi preso em flagrante delito e vai responder ao Inquérito Policial Militar (IPM), já aberto pela Base Naval de Aratu.

*G1