Morador da zona rural de Varzedo não consegue atendimento do SAMU após sofrer acidente, diz esposa

O agricultor Rafael de Jesus Quadros, 68 anos, residente na localidade de São Roque dos Macacos, zona rural de Varzedo, sofreu uma queda de animal na manhã desta quinta-feira (15) e teve atendimento negado pelo SAMU. O senhor Rafael, mais conhecido por “Didi” saiu de casa por volta das 5h30 para olhar um rebanho bovino, e por volta das 7h50h sua família foi informada que ele tinha caído do cavalo.

Em entrevista ao Tribuna do Recôncavo, a companheira da vítima, Rita de Cassia, contou que acionou o SAMU, a ambulância foi até o local e os atendentes chegaram a imobilizar seu companheiro, mas uma senhora da central, por telefone, deu ordens para a equipe suspender o atendimento.

Ainda de acordo com Rita, após a ambulância retornar vazia para a cidade, ela tentou levar o seu companheiro para o hospital em um carro particular, mas não conseguiu porque o mesmo só conseguia ficar deitado, pois, estava sentindo muita dor na região do tórax. “Didi” foi levado para o Hospital Regional em uma ambulância do município.

Rita destacou o excelente serviço prestado pela equipe do SAMU que estava na ambulância, mas lamentou a decisão da central em abortar um atendimento que estava em andamento.

*Tribuna do Recôncavo