Em exibição no Cine Itaguari: “Vingadores: Ultimato” já fez mais de R$ 100 milhões em bilheterias só no Brasil

Os recordes de “Vingadores: Ultimato” não são apenas internacionais. No Brasil, o filme já fez mais de R$ 100 milhões em bilheterias, informa a ComScore. A empresa divulgou hoje alguns números relativos ao filme da Marvel, que estreou na quinta-feira (25). Só no dia da estreia, 1,6 milhão de pessoas foram aos cinemas do Brasil para assistir ao filme que encerra a saga do grupo de heróis da Marvel. Somado o fim de semana, 5,4 milhões de pessoas já foram aos cinemas do Brasil, fazendo desse o melhor fim de semana de estreia do ano no país até agora.

Os números da ComScore contabilizam público e bilheteria desde quinta-feira, dia da estreia, até o domingo (28). Neste período, 5.455.102 de pessoas foram ao cinema ver “Ultimato”, com renda acumulada de R$ 101.395.612 só para o filme líder de bilheteria.

Dessa forma, “Vingadores: Ultimato” aparece disparado na liderança dos dez filmes mais vistos do Brasil, à frente do vice-líder “De Pernas Pro Ar 3”, “Superação: O Milagre da Fé” (3º), “Shazam!” (4º), “Dumbo” (5º), “A Maldição da Chorona” (6º), “Capitã Marvel” (7º), “O Gênio e o Louco” (8º), “Vidas Duplas” (9º) e “A Menina e o Leão” (10º).

Os números internacionais e a impressionante pré-venda de ingressos já davam pistas que “Vingadores: Ultimato” bateria recordes atrás de recordes. No mundo, o filme já fez mais de US$ 1,2 bilhão em bilheterias, fazendo dele o filme com maior cifra no ano e o mais veloz a passar do primeiro bilhão. (uol)

Programação de 02 a 08/05 no Cine Itaguari:

VINGADORES: ULTIMATO

SESSÕES EM 2D: 09:00 – 13:30 – 16:50 – 20:10

Ação / 3h / 12 Anos                                               

Sinopse

Após Thanos eliminar metade das criaturas vivas, os Vingadores precisam lidar com a dor da perda de amigos e seus entes queridos. Com Tony Stark (Robert Downey Jr.) vagando perdido no espaço sem água nem comida, Steve Rogers (Chris Evans) e Natasha Romanov (Scarlett Johansson) precisam liderar a resistência contra o titã louco.