Em jogo marcado por erros de arbitragem, Vitória empata com o Flamengo

Em um jogo marcado por erros de arbitragem, o Vitória teve tudo para largar com triunfo na Série A. Mas, mostrando deficiências, o Rubro-Negro conseguiu apenas empatar com o Flamengo em 2 a 2, mesmo com um jogador a mais por quase toda a partida.

Com o resultado, o Leão marcou um ponto na largada do Brasileirão. O time baiano ficou na terceira colocação, mas deve perder posições no complemento da rodada.

O JOGO

Flamengo e Vitória fizeram um jogo polêmico no primeiro tempo. Logo aos 16 segundos o time carioca aproveitou o cochilo da defesa rubro-negra.

Em lance rápido, Lucas Paquetá recebeu na área e tocou no canto de Caíque para abrir o placar.

Mas, o Vitória chegou ao empate aos 12 minutos. Em lance confuso na área, Rhayner chutou no rosto de Everton Ribeiro, mas o árbitro viu mão e marcou pênalti. Na cobrança, Yago chutou forte no meio e empatou.

No lance, o árbitro ainda expulsou o meia do Flamengo. Com um homem a mais, o Leão passou a ter mais posse de bola, mas não conseguiu chegar à frente do placar.

No segundo tempo, o Vitória quase  virou no primeiro minuto. Uillian Correia recebeu bola na área e chutou no canto. Diego Alves se esticou para espalmar.

Mas, aos 26 minutos, a arbitragem falhou mais uma vez. EM posição de impedimento, Arão desviou de cabeça e Geovânio completou nas redes para colocar o Flamengo na frente.

Porém, a comemoração durou pouco. Aos 30, Rhayner levantou bola na área  e Denílson, sozinho, tocou de cabeça no canto para empatar.

Nos minutos finais, o Vitória teve a posse de bola, mas não conseguiu construir boas jogadas para chegar ao triunfo.

Vitória 2 x 2 Flamengo
Brasileirão Série A – 1ª rodada

Local: Barradão, em Salvador
Data: 14/04/2018, às 19h
Árbitro: Wagner Reway (Fifa/MT). Assistentes: Fábio Rodrigo Rubinho (MT) e Marcelo Grando (MT). Assistentes adicionais: Odílio Ramos dos Santos (MT) e Marcelo Alves dos Santos (MT)
Cartões amarelos: Diego (FLA); Rodrigo Andrade. Rhayner (VIT)
Cartões vermelhos: Éverton Ribeiro (FLA)
Gols: Paquetá, Réver (FLA); Yago, Denílson (VIT)

Vitória
Caíque; Rodrigo Andrade, Kanu, Ramon e Pedro Botelho; Willian Farias, Uillian Correia, Yago e Alexander (Juninho); Rhayner e Denílson. Técnico: Vagner Mancini.

Flamengo
Diego Alves; Rodinei, Réver, Juan e Renê; Cuellar, Éverton Ribeiro Lucas Paquetá e Diego; Vinícius Júnior e Henrique Dourado (Arão). Técnico: Maurício Barbieri.