‘Difícil encontrar forças pra voltar a jogar futebol’, diz Neymar

Camisa 10 da seleção brasileira, Neymar não correspondeu às expectativas e frustrou muitos apaixonados por futebol durante o Mundial da Rússia. Autor de apenas dois gols, o atacante, recém-recuperado de uma lesão no pé, não fez a diferença contra a Bélgica nas quartas de final e, de dentro de campo, lamentou a derrota por 2×1 que determinou a eliminação do Brasil da Copa do Mundo.

Na sexta-feira (6), após a partida, Neymar não quis falar com os jornalistas e deixou a Arena Kazan sem dar entrevistas. Neste sábado (7), no entanto, o atacante se manifestou em sua conta pessoal no Instagram antes de embarcar com a delegação verde e amarela para o Brasil.

“Posso dizer que é o momento mais triste da minha carreira, a dor é muito grande porque sabíamos que poderíamos chegar, sabíamos que tínhamos condições de irmos mais além, de fazer história… Mas não foi dessa vez”, escreveu Neymar.

“Difícil encontrar forças pra querer voltar a jogar futebol, mas tenho certeza que Deus me dará força suficiente pra enfrentar qualquer coisa, por isso nunca deixarei de te agradecer Deus, até mesmo na derrota… Porque eu sei que o teu caminho é muito melhor do que o meu”, disse, em outro trecho da postagem.

“Muito feliz em fazer parte desse time, estou orgulhoso de todos, interromperam nosso sonho, mas não tiraram da nossa cabeça e nem dos nossos corações”, encerrou o atacante.

A Copa do Mundo da Rússia foi a segunda disputada por Neymar. A primeira foi a sediada pelo Brasil, em 2014, quando a equipe verde e amarela foi eliminada nas semifinais após a goleada por 7×1 sofrida diante da Alemanha, que se sagrou campeã na final contra a Argentina.

Com uma fratura na coluna, sofrida após joelhada de Zúñiga na vitória por 2×1 contra a Colômbia, nas quartas de final, Neymar não entrou em campo contra a Alemanha.

*Correio