River Plate e Boca Juniors já estão em Madri para a ‘superfinal’ da Libertadores

 

Foto Reprodução/Twitter River Plate

Festejado por um grupo de cerca de 20 torcedores que o aguardavam no aeroporto de Madri, o time do River Plate desembarcou na capital espanhola nas primeiras horas desta quinta-feira (6) para o jogo de volta da final da Copa Libertadores, domingo (9), contra o Boca Juniors, às 16h30 (horário da Bahia), no estádio Santiago Bernabéu. Com isso, os dois rivais já estão no local da decisão.

A equipe do River fará o seu primeiro treino em solo espanhol às 14h (da Bahia), no CT do Real Madrid. Já a equipe do Boca treinou pela manhã, em um dos campos do CT da Real Federação Espanhola de Futebol, depois de ter desembarcado na Espanha no dia anterior.

Na chegada a Madri, o volante Leonardo Ponzio, capitão do River Plate, lamentou o fato de não atuar no Monumental de Núñez, em Buenos Aires, após o confronto de volta da decisão, marcado para ocorrer no dia 24 de novembro, ter sido transferido de local por causa dos ataques de torcedores da equipe ao ônibus do Boca Juniors, nas imediações do estádio.

Após seguidos adiamentos, a Conmebol optou por não realizar o confronto na capital argentina e o levou para o estádio Santiago Bernabéu, casa do Real Madrid, fato que impedirá a presença no estádio da maioria dos torcedores que foram ao Monumental de Núñez na data original do jogo.

“Há muitas pessoas que ficaram magoadas, mas não vamos remediá-las com palavras, e sim com resultados. As 66 mil pessoas que estiveram no Monumental vão nos ajudar e vão estar conosco (em pensamento). Vamos defendê-los em campo”, disse Ponzio ao jornalistas no aeroporto da capital espanhola.

O confronto de ida da final, realizado no estádio de La Bombonera, terminou empatado por 2×2. Como os gols marcados fora de casa não têm peso para efeito de desempate na decisão, novo empate leva a decisão para a prorrogação e, se necessário, disputa de pênaltis. “Está tudo igualado. E resta um jogo que é único em qualquer contexto, ainda mais agora por ser fora da América do Sul”, completou Ponzio.

Fonte Correio*




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *