Com Vinicius Junior, Tite convoca seleção brasileira para amistosos

Foto: André Mourão / MoWA Press

O técnico Tite anunciou nesta quinta-feira a convocação da seleção brasileira para os amistosos contra Panamá (no Porto) e República Tcheca (em Praga), nos dias 23 e 26 de março, respectivamente. As partidas servirão de testes para a disputa da Copa América de 2019, que será realizada no Brasil. A maior novidade da lista de Tite é o atacante Vinicius Junior, do Real Madrid. Com apenas 18 anos, ele recebe a primeira oportunidade na Seleção principal.

Lucas Paquetá, do Milan, e Felipe Anderson, do West Ham, ganham chance no meio de campo. O treinador não fechou as portas da seleção para figuras mais conhecidas, como William, Renato Augusto e Paulinho, entre outros.

– Sem fechar absolutamente (a lista) – disse o treinador. – Vai ser no momento final a decisão, mas não descarto nem um jovem, como Vinicius, nem o cara há mais tempo rodado. Não descarto, não é da boca pra fora, não fecho – garantiu.

– Estava aberto à ascensão de novos valores. Vinicius está em equipe com exigência técnica e emocional muito alta. Isso o credencia. Ele tem em torno de 30 jogos, e isso é considerável pelo desempenho que tem, não só na análise de números. Eu quero ter essa afirmação da evolução – disse Tite.

Dois nomes de destaque no cenário europeu estão na lista de Tite: o zagueiro Militão, do Porto, e o meia Felipe Anderson, do West Ham. Sobre o meia, o treinador exaltou a quantidade de assistências que consegue dar na Premier League:

– Felipe empresta suas características ao sistema. Vem dando assistências na Premier League, o que é considerável. Militão tem 25 jogos como zagueiro, e agora temos a função de preparar atletas importantes para a Copa do Mundo. Trabalhar com novos valores que estão se afirmando, e o Militão está inserido nesse aspecto de zagueiro para a Copa. Prefiro ele como zagueiro.

*G1