Viúva diz em documentário que Elvis Presley cometeu suicídio

A viúva de Elvis Presley acredita que o cantor, que morreu em 1977, tenha se suicidado. Priscilla Presley, hoje com 72 anos, compartilha essa informação em um documentário que acabou de ser lançado nos EUA, batizado de “Elvis Presley: The Searcher”.

A produção destaca a conexão do artista com Memphis (EUA), sua cidade natal. A morte de Elvis sempre foi tratada como uma overdose acidental de medicamentos para emagrecer. “Ele sabia o que estava fazendo”, garante Priscilla. “Ele sabia o que estava fazendo e o que poderia aconteceu com ele (se tomasse mais do que a dose)”.

Ela acrescenta: “As pessoas me perguntam o motivo de eu não ter feito nada. Eu, as pessoas próximas a ele falávamos, mas ninguém conseguia obrigar o Elvis fazer nada. Todos tentavam e não tínhamos nenhuma chance com ele”.

Duas cartas divulgadas recentemente por um amigo e empresário de Elvis, Joe Esposito, mostram que ele chegou a pensar no suicídio. “Eu estou doente e cansado da minha vida, eu preciso descansar”, diz um trecho.

O irmão de Elvis, Rick Stanley, concorda.  “Para mim, é um indício claro de que suicídio estava passando pela cabeça dele”.

Elvis morreu aos 42 anos, em 16 de agosto de 1977.

*Correio




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *