Filme sobre Whitney revela que cantora foi abusada sexualmente por prima na infância

Exibido pela primeira vez no Festival de Cannes, na França, nesta quinta-feira (17), o documentário “Whitney” trouxe uma revelação marcante sobre a vida de Whitney Houston. De acordo com informações do O Globo, amigos da artista relatam no filme que ela teria sido molestada durante a infância pela prima Dee Dee Warwick. Assistente da cantora por muito tempo, Mary Jones revelou que Whitney confidenciou o abuso sexual sofrido e contou que a experiência traumática a fez questionar a própria sexualidade, além de ter contribuído para sua dependência às drogas. Em depoimento para o filme, o irmão da cantora, Gary Garland-Houston, também revelou ter sofrido abuso quando tinha entre 7 e 9 anos, por uma mulher da família, e confirmou que sua irmã foi molestada. A cunhada, Pat Houston, foi outra a relatar o abuso contra Whitney. Morta em 2008, Dee Dee Warwick era sobrinha da mãe de Whitney, Cissy, e era 18 anos mais velha que a cantora.

*BN