Naldo é condenado a 4 meses de prisão por agressão a Moranguinho

Foto: reprodução/TV Globo

Moranguinho pode ter perdoado, mas Naldo vai precisar se resolver na Justiça. O cantor foi condenado a 4 meses de detenção por ter agredido e ameaçado a sua mulher, Ellen Cardoso.

A sentença foi dada no dia 30 de maio pela juíza Ana Paula Melduque Migueis Laviola de Freitas, do 3º Juizado de Violência Doméstica de Jacarepaguá, mas só se tornou pública agora.

Naldo recebeu uma pena mínima pelos dois crimes, lesão corporal decorrente de violência e ameaça. No entanto, o artista não terá que cumprir a condenação.

A juíza concedeu ao funkeiro o benefício de suspensão condicional da pena por dois anos, mediante o cumprimento de alguns requisitos como: participação em grupo reflexivo para homens nas situações de violência doméstica e familiar contra a mulher.

Entenda o caso

Em dezembro do ano passado Ellen denunciou o cantor por agressão e ameaça de morte. A ex-dançarina acusou o marido de ter agredido ela com “socos, tapas, puxões de cabelo e com um golpe dado com uma garrafa”.

Moranguinho chegou a sair de casa com a filha e anunciou uma separação do cantor. A artista ainda recebeu medidas protetivas concedidas pela Justiça, mas em março deste ano Ellen revelou que havia perdoado o cantor, anunciando a reconciliação e a retirada das medidas protetivas.

 

*Bahia.Ba