Substância metabólito da cocaína é detectada em exame antidoping de Guerrero

(Foto: Gilvan de Souza/Flamengo/Divulgação)

Na última sexta-feira (3), o atacante do Flamengo e da seleção peruana, Paolo Guerrero, foi flagrado no exame antidoping e segundo a imprensa internacional, substância teria sido uma “droga social”.

De acordo com novas informações do Globo Esporte, a substância é a benzoilecgonina. Trata-se de um metabólito da cocaína, que pode ser encontrada em chás de coca ou na própria droga.

O exame que flagrou o jogador foi realizado no último dia 5 de outubro, após a partida entre Peru e Argentina, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018. A Fifa, entidade máxima do futebol, suspendeu o atleta provisoriamente por 30 dias, mas punição pode chegar a 4 anos. Jogador deve solicitar a contraprova do exame.

*VN