Governo tenta aprovar privatização da Eletrobras e venda de áreas do pré-sal até julho

Foto: José Cruz / Agência Brasil

O  governo federal deseja aprovar no Congresso Nacional até o recesso parlamentar, marcado para julho, o projeto de lei da privatização de seis distribuidoras de energia da Eletrobras e o que autoriza a Petrobras a vender áreas de cessão onerosa do pré-sal. O presidente Michel Temer teve uma reunião com líderes da base aliada na manhã desta quinta-feira (14) para discutir essas duas matérias. “Nossa ideia é que sejam aprovadas antes do recesso. Entendemos que estão andando bem. A produção legislativa está positiva, então isso nos anima a sermos otimistas e pensarmos que é sim possível essa aprovação nas duas casas desses dois temas”, comentou o ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun. Ele disse ainda estar confiante na aprovação rápida do projeto relacionado à Eletrobras, mesmo com a resistência de parlamentares da oposição. Nesta quarta (13), o plenário da Câmara aprovou o regime de urgência para o projeto de lei da Petrobras, que permite à petroleira vender até 70% dos campos do pré-sal concedidos à empresa por meio do regime de cessão onerosa. Com esse regime, a Petrobras pagou diretamente à União, sem licitação, o direito de extrair o petróleo desses blocos.

*BN