ONU afirma que situação política do Brasil é ‘extremamente preocupante’

 


                                                        Foto: Beto Barata/PR

O Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos declarou nesta sexta-feira (12), em Genebra, que é preocupante a situação do Brasil.

A Organização afirmou que está “profundamente preocupada” com o clima de violência nas eleições brasileiras e pede que líderes políticos nacionais condenem, explicitamente, tais atos.

Segundo o jornal o estado de S. Paulo, o acirramento da disputa eleitoral tem desencadeado episódios de violência física e até um assassinato, ocorrido na última segunda-feira (8), onde o capoeirista Moa, morreu a facadas na Bahia, por uma divergência política.

Segundo relatos ele se posicionou contra o candidato do PSL Jair Bolsonaro e foi morto a facadas por um adepto a Bolsonaro. Nos últimos dias, foram registrados no País diversos casos de agressão por motivação política.

Na ONU, o apelo é pelo respeito. “Condenamos qualquer ato de violência e pedimos investigações imparciais, efetivas e imediatas sobre tais atos”, declarou a porta-voz do escritório da ONU, Ravina Shamdasani.

“O discurso violento e inflamatório dessas eleições, especialmente contra LGBTI, mulheres, afrodescendentes e aqueles com visões políticas diferentes, é profundamente preocupante, especialmente dado os relatos de violência contra tais pessoas”, disse Ravina.

Fonte Bahia ba

 

 




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *