Em vídeo, Feliciano chama Jean Wyllys de covarde e fala sobre ameaças

Marcos Feliciano, pastor e deputado federal, divulgou em suas redes sociais um vídeo onde chamava Jean Wyllys de covarde por estar deixando o Brasil dizendo que está sendo ameaçado de morte.

Relembrando acontecimentos do ano de 2013, quando Feliciano assumiu a presidência da Comissão de Direitos Humanos, o deputado afirmou que recebeu ameaças contra ele e sua família e mesmo assim não desistiu. Feliciano se comparou ao deputado do PSOL que desistiu na primeira ameaça.

Jean Wyllys começaria a exercer seu terceiro mandato. Segundo Feliciano, Wyllys é um parlamentar “pirotécnico e midiático”, por isso, ele acredita que as tais ameaças devam ter vindo de suas redes sociais e que até o presente momento Jean não apresentou nenhuma prova que embasasse sua decisão.

Na opinião do deputado que pertence a bancada evangélica, o psolista está com medo de enfrentar uma câmara extremamente conservadora, com uma vastidão de deputados que levantarão um enfrentamento maior e direto nas pautas defendidas pela esquerda.

 

*1News