Bombeiros descartam risco de novo rompimento em Pedro Alexandre

Foto: Divulgação / GOVBA

 

FolhaPress – Após realizar vistorias na manhã deste sábado (13), o Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil da Bahia descartaram o risco de rompimento de uma segunda barragem em Pedro Alexandre (435 km de Salvador).

A força da água das chuvas, que resultou em cheia do rio do Peixe, fez com que a estrutura da barragem no povoado de Boa Sorte rachasse nesta sexta-feira (12). Com os danos, a prefeitura da cidade vizinha de Coronel João Sá, que fica a 17 km da barragem, emitiu um alerta de enxurrada para os moradores da cidade.

Por precaução, cerca de 80 famílias deixaram suas casas por causa do risco iminente de inundação. Esta é a segunda barragem com danos causados pelas chuvas que atingiram a região. Na quinta-feira (11), a barragem do Quati, também em Pedro Alexandre, rompeu, causando inundação de cerca de 40% da área urbana de Coronel João Sá. Não houve feridos nem há registro de pessoas desaparecidas.

De acordo com levantamento do Corpo de Bombeiros da Bahia, 400 pessoas estão desabrigadas e 1.500 desalojadas em Coronel João Sá. O governo da Bahia informou que as barragens e os aquíferos da região estão sendo monitorados com o apoio de 79 bombeiros militares.

A Defesa Civil está fazendo visitas técnicas nas casas atingidas para avaliação de interdição ou condenação das estruturas físicas. Entidades como a Voluntárias Sociais da Bahia, em Salvador, iniciaram uma campanha para o recolhimento donativos, que devem ser entregues na sede da instituição na Praça do Campo Grande, de segunda a a sexta, entre 8h e 21h.

A prefeitura de Coronel João Sá disponibilizou o número da conta bancária do município para doações às vítimas das enxurradas.

DOAÇÕES

Banco do Brasil

Agência 3913-6

Conta 16000-8

CNPJ 14.215.818/0001-36




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *