Baiana dá luz a gêmeas siamesas unidas pelo tórax e com corações ‘compartilhados’

Uma baiana deu à luz gêmeas siamesas unidas pelo tórax e que compartilham o coração no Hospital Materno Infantil (HMI), em Goiânia, na última quinta-feira (26). “Uma tem um coração com tamanho normal, e outra com coração menor. Uma mantém a outra por meio de uma veia que comunica os dois corações. Os corações são juntos, colados, músculo com músculo, o que torna impossível a separação”, disse o médico Zacharias Calil, especialista nestes casos.

 

De acordo com informações do G1, as pequenas nasceram com 34 semanas de gestação e juntas pesam 3.044 kg. O boletim médico divulgado neste sábado (28) informou que as meninas estão internadas em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do HMI, que é referência nestes casos, por isso ocorreu a transferência. A mãe delas, de 34 anos, pediu para não ser identificada.

 

O médico informou que não há possibilidade de ocorrer uma cirurgia de separação. Sendo assim, as gêmeas devem ser transferidas para a Bahia. “Elas estão estáveis e vamos transferi-las para Salvador para que deem continuidade ao tratamento clínico. Eles estão esperando o retorno do pessoal de Salvador porque precisa de uma UTI aérea e um médico acompanhando”, informou.

*BN