STF diz que vai acionar PGR para tentar validar juridicamente mensagens da Vaza Jato

Foto: Agência Brasil

 

O Supremo Tribunal Federal (STF), por meio do ministro Gilmar Mendes, afirmou que vai implementar medidas junto à Procuradoria Geral da República (PGR) para validar juridicamente e reconhecer a autenticidade das mensagens da Vaza Jato.

De acordo com a Corte, caso seja atestada a veracidade das conversas, elas poderão ser usadas em processos contra decisões judiciais e agentes públicos que atuaram na Operação Lava Jato.

As mensagens de Telegram obtidas pelo The Intercept Brasil expuseram a proximidade entre Sérgio Moro, quando ele ainda era juiz da 13ª Vara Federal de Curitiba, e procuradores, colocando em dúvida a imparcialidade das autoridades, incluindo o chefe da força tarefa no MPF, Deltan Dallagnol.

Com isso, a PGR p vai poder receber o material do STF, que requisitou as mensagens à Polícia Federal, ou da polícia, responsável pela investigação sobre o caso. Integrantes da nova composição da PGR, nomeados pelo procurador-geral Augusto Aras, têm sinalizado interesse em analisar tecnicamente os arquivos de texto.

 

Fonte: BNews