Presos fazem rebelião em delegacia de Morro do Chapéu

Detentos custodiados na delegacia de Morro do Chapéu, no centro norte da Bahia, fizeram uma rebelião na quarta-feira (6), arrebentaram celas, invadiram salas e chegaram a trocar tiros com policiais. A situação foi controlada com apoio da Polícia Militar e a delegacia ficou parcialmente destruída. Ninguém ficou ferido.

A rebelião começou quando os presos alegaram que uma detenta estava passando mal e pediram socorro. O carcereiro que estava na delegacia chamou o agente de plantão e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas os presos já foram destruindo as celas. A Polícia Militar foi chamada e controlou a situação por volta de 1h20 depois.

Segundo o sargento da PM Marcelo Barros, apesar da alegação dos presos, a detenta não chegou a passar mal e a situação só foi criada como pretexto para tentarem fugir. “Grades foram quebradas. Os detentos romperam as portas da delegacia e acessaram sala dos depositos onde ficam guardados ferramentas, onde fica material apreendido. Entraram na sala do delegado onde tinham armas apreendidas”, contou.

Os policiais foram recebidos a tiros pelos presos e revidaram. O sargento informou que os detentos foram contidos e realocados para celas que foram recuperadas com apoio da prefeitura da cidade.

Depois que a rebelião foi contida, a PM fez vistoria nas celas, onde foram achados celulares, canivetes, trouxas de maconha, munições de diversos calibres. Também foram recuperadas as armas apreendidas que estavam nas salas invadidas e uma outra arma que já estava na cela, segundo os presos.