Chuvas fortes causam desordem no interior da Bahia

Chuvas fortes têm tomado conta do interior da Bahia desde a última segunda-feira (13). O pior dos tempos foi registrado em Bom Jesus da Lapa – segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), com 62,4 milímetros de chuva.

A tempestade não causou prejuízos na cidade, mas segundo o coordenador de Defesa Civil, Alan Miranda, a situação apressou a realização de obras de infraestrutura que “possam minimizar impactos de um eventual temporal”.

O sudoeste baiano enfrenta números parecidos. Em Caetité, foram registrados 60,8 milímetros de chuva pelo Inmet, enquanto a prefeitura alega que foram 85. A água da chuva invadiu inúmeras lojas e residências no município.

Tanto em Caetité quanto em Itabuna, a chuva tem sido apontada como motivo de desabamento de imóveis. Outras cidades que foram invadidas por São Pedro foram Morro do Chapéu e Lençóis, ambas na Chapada Diamantina.

Segundo o Inmet, na Bahia há risco de alagamentos, deslizamentos de encostas e transbordamentos de rios em cidades com tais áreas de risco.

*Bahia.Ba