Sindi-Saúde firma acordo para pagamento de salários atrasados com Hospital de Castro Alves; fotos e vídeo

 

Com três salários dos funcionários do Hospital de Castro Alves atrasados, o Sindicato dos Trabalhadores em Santas Casas, Entidades Filantrópicas, Beneficentes e Religiosas do Estado da Bahia (Sindi-Saúde) promoveu uma paralisação em frente à unidade de saúde no início da manhã desta quarta-feira (10). Por volta das 6h, o grupo montou campana na porta do hospital, que só teve as atividades normalizadas em torno das 8h30. “Eles estão devendo três meses de salário pra os trabalhadores, outubro, novembro e dezembro. Nós já estamos chegando na segunda quinzena de janeiro e a gente vinha conversando, tentando buscar uma solução e nada. Então conseguimos fazer hoje uma paralisação”, explica Benivaldo Bonfim*, vice presidente do Sindi-Saúde. Em entrevista ao Bahia Notícias, o sindicalista pontuou que conversaram primeiro com os trabalhadores para ressaltar a necessidade do ato e, em seguida, conseguiram uma reunião com a direção do hospital. “Fizeram a proposta de pagar outubro e 50% de novembro até o dia 20 de janeiro e no próximo mês pagar 50% de novembro e 100% de dezembro, aí ficaria faltando só o mês de janeiro”, relata, descrevendo o acordo aceito pela categoria. Com isso, o sindicato fixou um prazo até março para que a empresa quite a remuneração dos empregados. Em contato com o BN, a administração do hospital não comentou as motivações do ato e disse apenas que o sindicato impôs a paralisação, fechando a porta do prédio. De acordo com eles, em nenhum momento, os funcionários se negaram a trabalhar. (Bahia Notícias)

Confira vídeo: