“Tem momentos que o homem público tem que cortar na carne”, diz prefeito de Valença sobre cancelamento do São João

A notícia sobre o cancelamento do São João de Valença repercutiu em todo o estado. Próximo ao período e com contrato pronto, o prefeito Ricardo Moura decidiu cancelar devido as dificuldades econômicas. “Tem momentos que o homem público tem que cortar na carne. Temos 11 milhões para pagar o salário do povo, metade do 13º. Foi difícil, mas precisamos ter equilíbrio, pois temos muitas obras com recursos próprios, escolas, calçamento”, disse ao repórter Tino Alves. A informação chocou a população do município que ficou preocupada com o comércio. Mesmo diante de críticas, o prefeito garantiu que tomou a decisão correta. “Aparentemente o povo entendeu e está satisfeito. Santo Antônio de Jesus tem uma estrutura financeira melhor e apoio de um empresariado forte, e com certeza terá um bom São João”, pontuou. Além do São João, o prefeito também cancelou as festividades do São Pedro, mantendo apenas a missa (ver aqui).