Morre homem queimado em explosão de lava-jato de caminhões em Candeias

Um das duas vítimas de queimaduras que estavam dentro de uma garagem onde funcionava um lava-jato de caminhão-tanque na cidade de Candeias, Região Metropolitana de Salvador (RMS), morreu neste domingo (4). O local pegou fogo depois que um automóvel estacionado explodiu na quinta-feira (1°).

Tiago Lenon dos Santos Cerqueira, 28 anos, que teve 95% do corpo queimado estava internado no Hospital Geral do Estado (HGE), em Salvador. A vítima foi socorrida ainda no local depois que as chamas se espalharam pela garagem destruindo pelo menos cinco caminhões.

Tiago foi socorrido por volta das 20h e encaminhado para unidade de saúde, em Salvador. Ele deu entrada no HGE desacordado permanecendo durante todo o tempo entubado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). A vítima não resistiu aos ferimentos e morreu por volta das 1h deste domingo.

A segunda vítima do incêndio não teve a identidade reconhecida pela polícia. Ele também estava no local do acidente quando o caminhão explodiu.

A Polícia Civil começou a investigar as causas do incêndio que atingiu, no final da tarde desta quinta-feira (1°), um terreno onde funcionava uma garagem de estacionamento de caminhões-tanques na cidade de Candeias, Região Metropolitana de Salvador. Além de levantar informações sobre a causa das chamas, policiais também tentarão confirmar se, no local, funcionava um esquema ilegal de distribuição de gasolina adulterada.

Segundo a delegada plantonista da 20ª Delegacia (Candeias), Joana Angélica Santos, uma equipe da polícia apura o que provocou o incêndio que deixou duas pessoas feridas.

A identidade do dono do terreno também é desconhecida pela investigação. A garagem fica no bairro Ouro Negro, localidade afastada no Centro da cidade de Candeias, nas proximidades da área de refino da empresa Lamarco.

*Correio