Feira: morre 2ª vítima de incêndio em prédio; extintor estava vencido desde 2013

Morre segunda vítima do incêndio em um prédio do Condomínio Iguatemi, em Feira de Santana. Emília Lima Ferreira, 50 anos, foi transferida do Hospital Cleriston Andrade para o Hospital Geral do Estado (HGE) com 100% do corpo queimado e foi óbito na noite de terça-feira (04). O incêndio começou por volta das 04h desta terça-feira e causou a morte da jovem Bárbara Brás Pereira, de 20 anos, que morreu no local. Além delas duas, outras seis pessoas foram atingidas pelas chamas e ficaram feridas. De acordo com o G1, duas delas tiveram 100% do corpo queimado, incluindo a mãe de Bárbara. Uma pessoa já teve alta no mesmo, outras deixaram o hospital no dia seguinte e três feridos estão internados no hospital de Feira.

Extintor vencido 

De acordo com a sub-tenente Carla Souza, os extintores foram encontrados vazios e com prazo de validade vencido desde 2013 no edifício. “Ele está vencido e, além disso, está sem pressão. Pelo manômentro [instrumento que mede pressão de fluídos], a gente pode observar que ele está no vermelho, totalmente sem pressão” Com isso, os moradores usaram baldes com água para tentar apagar o fogo. Para Souza, a água não é adequada para ser utilizada nesses casos por ser condutor de eletricidade. Segundo os bombeiros, na única saída do prédio estavam estacionadas duas motos que acabaram sendo incendiadas, o que contribuiu para que o fogo se espalhasse mais rápido e dificultasse a saída das vítimas.  Depois do acidente, alguns blocos já colocaram avisos para que as motos não sejam colocadas nas entradas dos prédios.

Os bombeiros apontam também que as grades na janela dos apartamentos, instaladas por questões de segurança, também impedem a saída de pessoas e dificultam o trabalho dos socorristas.

Também segundo os bombeiros, o emocional das vítimas foi um dos fatores que contribuíram para a fatalidade. “O emocional está totalmente abalado e, no desespero, ela [a vítima] achou que a única salvação dela seria passar pela porta principal, onde tinha o maior foco de incêndio”, disse a sub-tenente Carla Souza.

Informações G1/ Editado por Blog do Valente

 

 




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *