Para impedir articulação do PCC na Bahia, operação do MP transfere nove presos de Feira

Para impedir articulação do PCC na Bahia, operação do MP transfere nove presos de Feira

Foto: Reprodução / Acorda Cidade

Nove presos que estavam custodiados no Conjunto Penal de Feira de Santana foram transferidos de avião na manhã desta quarta-feira (13), para presídios de segurança máxima. De acordo com o Ministério público do Estado (MP-BA), sete foram para o presídio de Serrinha e dois foram encaminhados para outros estados.

 

A transferência faz parte da operação “Spot”, que visa coibir a articulação do PCC na Bahia. Segundo o Acorda Cidade, os presos, que não tiveram os nomes revelados, estavam custodiados há mais de um ano e estão envolvidos com tráfico de drogas.

 

A operação foi deflagrada pelo Ministério Público, por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas e Investigações do Ministério Público estadual (Gaeco), da Unidade de Execução da Pena (Umep) e da 3ª Promotoria de Justiça de Feira de Santana, em conjunto com as Secretarias de Administração Penitenciária e Ressocialização (Seap)  e de Segurança Pública (SSP).

 

As medidas de transferência foram deferidas pela Vara de Execução Penal de Feira de Santana. Participaram da operação policiais da CIPT Leste, CIPE Litoral Norte e da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes, além da direção e agentes  do conjunto penal de Feira de Santana.

Fonte: Bahia Notícias