Reforma da Previdência fica fora de metas para 100 dias do governo

Foto: Marcelo Camargo/ Agência Brasil
Foto: Marcelo Camargo/ Agência Brasil

 

A Reforma da Previdência Social ficou de fora das metas anunciadas nesta quarta-feira (23) pelo governo Jair Bolsonaro para os 100 primeiros dias da gestão.

O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, não quis dar um prazo para as mudanças na Previdência. O governo alegou que a reforma depende da avaliação do Congresso Nacional.

Conheça as principais metas:

Economia 

Combate a fraudes no INSS; redução da máquina administrativa com extinção de 21 mil funções comissionadas e gratificações; abrir cadastros de desempregados para empresas privadas do setor de recrutamento.

Educação

Lançamento de um programa nacional para definição de “soluções didáticas e pedagógicas” para alfabetização, com a proposição de método para redução do analfabetismo a partir de “evidências científicas”; regulamentar o direito à educação domiciliar, reconhecido pelo STF, por meio de medida provisória, beneficiando 31 mil famílias que se utilizam desse modo de aprendizagem.

Saúde

Aumentar a imunização de vacina pentavalente, poliomielite, pneumocócica, tríplice viral D1 e febre amarela.

Justiça e Segurança Pública

Propor projeto de lei para aumentar a eficácia no combate ao crime organizado, ao crime violento e à corrupção.

 

Ciência e Tecnologia

Mapear tecnologias em sistemas de dessalinização de água nas condições de operação no semiárido.

Fonte:Bahia.ba