Brumadinho tem 203 mortes confirmadas e 105 desaparecidos

Subiu para 203 o número de mortes confirmadas em Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. De acordo com balanço divulgado nesta quinta-feira (14) pela Defesa Civil, 105 pessoas continuam desaparecidas.

No dia 25 de janeiro deste ano, a barragem da Mina Córrego do Feijão se rompeu, matando dezenas de pessoas e contaminando o Rio Paraopeba, um dos afluentes do Rio São Francisco. Os rejeitos devastaram a área administrativa da mineradora, incluindo o refeitório, onde muitos trabalhadores almoçavam na hora do rompimento.

Após varrer a mineradora, a lama atingiu comunidades de Brumadinho destruindo casas, inclusive uma pousada, a atingindo propriedades rurais.

Números da tragédia

•203 mortos identificados e 105 desaparecidos (veja lista aqui)

•395 localizados