PM quebra braço de dirigente do PT no Carnaval de Atibaia

© Reprodução/Twitter

presidente do diretório municipal do PT em Atibaia (SP), Geovani Doratiotto, foi agredido por policiais militares dentro de uma delegacia da cidade nesse domingo (3). Geovani teve um dos braços quebrados por um agente.

 No relato publicado por Pham Dal Bello, companheira de Giovanni, nas redes sociais, ela afirma que ele teria sido provocado por um PM por causa de sua camiseta, que trazia a frase “Lula Livre”. O petista foi levado para a delegacia, onde teve seu braço quebrado por um policial depois que ele já havia sido imobilizado.

Veja vídeo: