Brasileiros consideram fé mais importante que educação para mudança de vida, diz pesquisa

Brasileiros consideram fé mais importante que educação para mudança de vida, diz pesquisa

Foto: Reprodução / Tudo Ela

Cerca de 80% dos brasileiros acreditam que o progresso do país está condicionado à redução da desigualdade. Ao mesmo tempo, investimento público em assistência social está em último na lista de prioridades para diminuição do mesmo índice segundo a pesquisa Datafolha “Nós e as desigualdades”, feita em parceria com a ONG Oxfam Brasil.

 

Realizado pela segunda vez, o levantamento realizou entrevistas com 2.086 pessoas para medir a percepção sobre a desigualdade no país e deste modo trazer um retrato da opinião pública no início de um novo ano e de um novo governo.

 

Quanto às prioridades que levariam a uma melhora de vida, os entrevistados tiveram de elencar em ordem de importância oito aspectos pré-definidos. O aspecto que foi considerado prioridade pelo maior número de pessoas foi a “fé religiosa”, com 28%, seguido por “estudar” (21%) e “ter acesso à saúde” (19%). Em último, aparece “cultura e lazer”, com 2%.

Fonte: BN