Em uma década, Brasil registra 40 mil casos de intoxicação por agrotóxicos

Um levantamento oficial, feito em 2007 a 2017, notificou cerca de 40 mil casos de intoxicação aguda por causa de agrotóxicos utilizados na agricultura. Quase 1.900 pessoas morreram.

“A gente sente o cheiro do veneno entrando pela janela”, conta Mauritânia Guedes, que mora em Luiziana, no Paraná. Na cidade cercada por lavouras, apenas a rua separa as casas da plantação em alguns bairros.

O Paraná é o estado com maior número de casos relatados. Segundo o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), o país consumiu quase 500 mil toneladas de agrotóxicos em 2017.

Segundo o diretor-executivo da Andef – entidade formada pelas indústrias que desenvolvem e fabricam agrotóxicos –, Mário von Zuben, atualmente não seria possível eliminar o agrotóxico do processo de produção. “Nós traríamos uma crise mundial de alimentos. De fome”, avalia.

*M1