Weintraub toma posse como ministro da Educação e diz que não é radical

Foto: Valter Campanato / Agência Brasil

O ministro da Educação (MEC), Abraham Weintraub, tomou posse no cargo nesta terça-feira (9) em cerimônia com o presidente Jair Bolsonaro. Durante pronunciamento, ele disse que não é radical e disse estar aberto ao diálogo.

 

Weintraub se comprometeu também a melhorar os resultados da educação no país. “Tem gente que fala que sou muito radical. Não sou radical. Eu sou aberto ao diálogo. Você não pode descumprir a lei, você não pode pregar a violência e esperar a tolerância. Enquanto você não ameaçar a vida, a integridade física de alguém, eu estou aberto ao diálogo”, afirmou.

 

Weintraub substitui o ex-ministro Ricardo Vélez Rodríguez, exonerado nesta segunda (8) pelo presidente Jair Bolsonaro, que criticou o trabalho feito no ministério este ano. Para o novo titular do MEC, o Brasil deveria ter melhores resultados na educação diante do Produto Interno Bruto (PIB) do país.

*BN




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *