Lucro da Petrobras cai a R$ 316 mi no 2º trimestre

A Petrobras informou nesta quinta-feira que teve lucro líquido de 316 milhões de reais no segundo trimestre, queda de 14,6% ante o mesmo período do ano passado e uma redução de 93% frente os três primeiros meses de 2017, com impacto negativo da adesão a um programa de regularização tributária (Pert).

O presidente da Petrobras, Pedro Parente, destacou que parte do resultado foi obtido com o aumento de receita da companhia com exportações, causado por maiores volumes e preços do petróleo.

A redução de 68% nos custos exploratórios e de 16% nas despesas com vendas gerais e administrativas também influenciaram o resultado.

Ao comentar a política de preços da companhia, Pedro parente disse que “a periodicidade nos permite reajustar muito rapidamente a volatilidade do mercado”.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, amortização e depreciação) ajustado somou 19,094 bilhões de reais no segundo trimestre, ante 20,450 bilhões de reais no mesmo período do ano passado.

Mas a companhia viu uma queda de 24% no Ebitda ante o primeiro trimestre devido, principalmente, à queda nas margens dos derivados, além de menor volume de exportações.

O fluxo de caixa livre foi positivo pelo nono trimestre consecutivo, atingindo 9,354 bilhões de reais, mas ficou 30% abaixo do valor registrado no primeiro trimestre devido, principalmente, à redução da geração operacional em 15% e ao aumento dos investimentos em 4%.

(Com Reuters e Agência Brasil)