Quem não entrou na justiça tem direito a correção da poupança? Veja matéria com Aldo Ramos

Em entrevista na Rádio Andaiá Fm ao programa Levante a Voz, o consultor Aldo Ramos explicou sobre os pagamentos dos planos econômicos da poupança no governo de Fernando Collor. Segundo Aldo os bancos estão disponibilizando informações em uma plataforma online para sanar as dúvidas da população. Ele lembra também que o pagamento será feito no prazo de 1 ano e meio dividindo-se em dez lote. O primeiro lote prioriza as pessoas com mais idade e promete pagar a vista aqueles que têm saldo para receber até R$5 mil. O valor entre R$5 a R$10 mil será parcelado em três vezes com abatimento de 8%, já acima de R$10 mil terá direito a uma parcela a vista e quatro parceladas com abatimento de 14%. Os demais valores também serão parcelados e descontados.

Para saber detalhes a respeito deste assunto,como também sobre a inflação, confira abaixo a entrevista na íntegra: