Aos 73 anos, idoso faz Enem para tentar curso de direito na Bahia: ‘Minha mente é jovem’

Seu José Raymundo Silva, de 73 anos, acordou cedo neste domingo (5) para não se atrasar para a primeira fase Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), em Salvador. Aposentado há cerca de 24 anos, o idoso pretende tentar uma vaga no curso de direito, e a idade não representa qualquer impedimento para ele.

“Direito é minha meta. É um sonho. Desde que me aposentei e fiquei com tempo livre que criei o desejo de colocar isso em prática. Minha mente é jovem e eu não tenho medo de trabalho. Ainda quero atuar na área”, contou.

Morador do bairro do Bonfim, na cidade baixa, seu José Silva fez um percurso de cerca de 1h20 até o bairro da Federação, no centro da capital baiana, para fazer a prova. Ele está entre os mais de 490 mil inscritos para fazer a prova na Bahia.

O aposentado saiu de casa às 8h e chegou às 9h20 na Universidade Católica do Salvador (Ucsal), 1h40 antes da abertura dos portões. Em Salvador, os portões abrem às 11h e serão fechados às 12h, porque a cidade não tem horário de verão.

Para chegar até o local de prova, seu José da Silva pegou um ônibus que o deixou próximo à universidade e, em seguida, pegou um táxi para completar a viagem. O trajeto já havia sido feito por ele durante a semana, para evitar imprevistos.

“Já tinha vindo para me localizar. Não queria ficar correndo de lá pra cá. Melhor evitar atrasos”, explicou.

Pai de cinco filhos, seu José era despachante. O aposentado nunca cursou o ensino superior. Atualmente, ele trabalha com a esposa, entregando quentinhas que ela mesma faz.

Para ter uma boa pontuação no Enem, o aposentado estudou por um ano em um curso preparatório. Esta é a terceira vez que ele realiza o exame e quer se dar bem. “Tenho fé em Deus e no que eu estudei”, contou.

*G1