Pesquisadores brasileiros e estrangeiros contextualizarão a Educação no século XXI durante o Virtual Educa Bahia 2018

A Educação no século XXI e a sua interface com a inclusão, a diversidade, o meio ambiente, a inovação, a tecnologia e com a formação docente, estão entre as abordagens que serão feitas por diversos pesquisadores de instituições nacionais e internacionais durante o XIX Encontro Internacional Virtual Educa. Este é um dos maiores eventos mundiais sobre inovação e tecnologia aplicadas à Educação, que será realizado entre os dias 4 e 8 de junho, no Centro de Formação e Eventos da Secretaria da Educação do Estado (no antigo ICEIA), em Salvador, com participação de países da América Latina, Caribe e África. O ciclo de palestras será iniciado no dia 5 de junho e o Virtual Educa Bahia 2018 terá como tema geral a “Educação para transformar a sociedade em um espaço único multicultural”.

O secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, falou sobre a importância de a Bahia sediar o Virtual Educa, agregando renomados pesquisadores da Educação. “É um encontro para debater, conhecer e compartilhar experiências. A partir daí, teremos condições de trilhar novos caminhos. É por isso, também, que iremos realizar o encontro no antigo ICEIA, que está sendo transformado em um novo espaço, repaginado para esse novo tempo. Espero que, a partir de agora, possamos realizar todos os eventos de Educação no local. O Virtual Educa servirá, ainda, para que possamos fazer leitura dessas transformações pedagógicas que estamos implementando na rede estadual de ensino”, afirmou.

Entre os palestrantes nacionais, estarão no Encontro: Michella Lima Lasmar, da empresa Samsung, que abordará o tema “O Ocean Lab e a Educação do século XXI”; Mirella Lima, da Universidade Federal da Bahia (UFBA), que apresentará o tema “Entre “Rios e Oceanos: o local e o internacional em processo de formação”; Vani Kenski, da Universidade de São Paulo (USP), com o tema “Formação docente para a empatia, colaboração e cocriação”; Nilma Lino Gomes, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), que abordará sobre “Desafios da Inclusão e Diversidade na Educação do século XXI” e Sidarta Ribeiro, da Universidade do Rio Grande do Norte (UFRN), com o tema “Por um Cultivo Ecológico da Mente”.

Já os palestrantes internacionais do primeiro dia do ciclo de palestras serão: Ruth Contreras, da cidade de Barcelona, na Espanha, que apresentará o tema “Quando os fãs assumem o controle: motivações, práticas, papéis e aprendizagem informal com mods”, e Ana Isabel Veloso, da cidade de Aveiro, em Portugal, que destacará a “A inclusão do idosos no design das Tecnologias da Informação e Comunicação: desafios e oportunidades”.

A programação do evento também inclui conferências, que contarão com as presenças do governador Rui Costa e do secretário da Educação do Estado da Bahia, Walter Pinheiro. Dentre os conferencistas, também estão: Christian Miranda, U.C. Chile, que estará na conferência “El silencioso abandono de la formación integral del educador del siglo XXI”; João Salles, da UFBA, que participará da conferência “UFBA e o ensino do século XXI”, e representantes da UNICEF/BNDES, que estarão na conferência “Programas de apoio a Educação na Parceria UNICEF/ BNDES”.

Saiba mais sobre o Virtual Educa Bahia 2018: www.educacao.ba.gov.br