Mulher se distrai ao tomar banho de sol em colchão inflável e vai parar a 11km de distância da costa

Imagem: Frontex

Uma turista russa conseguiu sobreviver após passar 21 horas flutuando em um colchão inflável no mar de Creta, na Grécia, ao se distrair e se afastar da costa. Ela foi resgatada a 11 quilômetros de distância do local onde tomava sol.

A sorte da russa foi que um avião de patrulha de fronteira procurava imigrantes ilegais pela costa de Creta e acabou a avistando.

A mulher estava em um resort com o marido e a filha, quando decidiu tomar um banho de sol. Ela flutuou durante toda a madrugada e quando o dia amanheceu, acabou queimada pelos raios solares.

Olga foi levada para o hospital com hipotermia e problemas cardíacos, após ter uma insolação. Não se sabe se ela adormeceu na bóia ou se foi levada por uma correnteza.

*VN