Acusado de participar de chacina em Salvador é preso em Feira de Santana

Policiais da Delegacia de Homicídios de Feira de Santana, juntamente com policiais da Delegacia de Homícidios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Salvador, prenderam na manhã desta quinta-feira (14), no bairro Mangabeira, Antônio Paulo de Jesus Silva Júnior, mais conhecido como Antoninho, de 23 anos, que é acusado de participar de uma chacina que matou quatro pessoas em Salvador.

O crime ocorreu no dia 21 de julho, no bairro Engenho Velho de Brotas. As vítimas estavam sentadas em um bar quando oito homens – entre eles Antoninho – armados com escopetas, pistolas e metralhadoras se aproximaram e efetuaram os disparos. As mortes, segundo a polícia, aconteceram devido a divergências entre fornecedores de drogas, e teriam sido praticadas a mando de dois homens que estão presos na Penitenciária Lemos Brito.

De acordo com o delegado Gustavo Coutinho, da DH de Feira, a prisão de Antoninho aconteceu após policiais da DHPP de Salvador entrarem em contato com as equipes de Feira informando que o acusado poderia estar escondido na casa do pai, no bairro Mangabeira.

“Pedi que as equipes viessem para que se integrassem às equipes de Feira de Santana e juntos tentarmos conseguir a prisão desse indivíduo. Isso foi feito na manhã desta quinta-feira. Policiais da DH de Feira juntamente com os policiais de Salvador fizeram um cerco e conseguiram a localização de Antoninho, que foi encaminhado à delegacia”, informou o delegado Gustavo Coutinho.

Ainda de acordo com ele, Antoninho é extremamente perigoso. Ele já foi preso portando armas e responde por vários homicídios. Em Salvador, o acusado atuava no bairro Lobato e imediações. Também segundo Gustavo Coutinho, é comum que pessoas que praticam crimes na capital venham se esconder em Feira.

“Vários marginais praticam crimes em Salvador e vêm pra Feira se esconder. Mas essa troca de informações entre as delegacias de Feira e Salvador tem resultado nessas prisões. Essa já é a quarta prisão de acusado que pratica o crime em Salvador e vem para Feira”, disse.

*Acorda cidade