Polícia Civil retoma investigação sobre caso de suástica marcada em jovem

Foto Reprodução – Facebook

A Polícia Civil do Rio Grande do Sul vai retomar as investigações do caso da jovem de 19 anos que teve o corpo marcado um símbolo semelhante a uma suástica em Porto Alegre (leia aqui). O anúncio foi feito nesta quinta-feira (11), via rede social, pelo chefe do órgão no estado, Emerson Wendt.

Em comunicado no Twitter, Wendt disse também que a polícia vai investigar se houve outro crime contra a jovem além da lesão corporal.

“Não podemos deixar de analisar todas as circunstâncias que envolvem a alegada agressão, sua motivação e como teria ocorrido”, escreveu o chefe da polícia, que também destacou a pressão exercida pelas redes sociais como um fator para a reabertura do caso.

“Em virtude dos vários questionamentos feitos, via mídias sociais e pelos jornalistas, informo que solicitei ao Diretor do DPM @delfabiolopes, que sejam feitas diligências complementares sobre a lesão na jovem de 19 anos para que possamos esclarecer as dúvidas sobre o fato. — Emerson Wendt (@EmersonWendt) 11 de outubro de 2018”, afirmou a postagem.
Anteriormente, o delegado da 1ª delegacia de Porto Alegre, Paulo César Jardim, responsável pela ocorrência, havia declarado que a apuração tinha sido “temporariamente suspensa”. A jovem chegou a registrar boletim de ocorrência sobre o fato, mas preferiu não seguir com a ação contra os agressores por questões emocionais. Após o registro da ocorrência foi realizado um exame de corpo de delito cujo resultado ainda não foi divulgado.

Fonte BN