Caso Daniel: Suspeito afirma que Edison Brittes disse que mataria Daniel após ver algo em telefone celular

Dois depoimentos trazem novos detalhes ao caso da morte do jogador Daniel Correa

Um dos suspeitos de envolvimento na morte de Daniel Freitas afirmou, em depoimento à polícia, que Edison Luiz Brittes Júnior disse que mataria o jogador após ver algo em um telefone celular. Isso ocorreu no momento em que eles estavam no carro, com Daniel dentro do porta-malas.

David Willian da Silva, de 18 anos, foi interrogado na tarde de sexta-feira (9) e afirmou que Edison Brittes ficou descontrolado, mas que não sabe o que ele viu no celular.

“Tudo estava tranquilo dentro do carro, na intenção de deixar Daniel no meio da rua, para passar vergonha, e que Edison trazia consigo um celular, que não sabe se era dele ou não, e que Edson estava normal e que, ao ver algo no aparelho celular, ficou descontrolado e disse que mataria Daniel”, diz um trecho do termo de interrogatório.

O jogador de futebol Daniel Freitas, de 24 anos, foi encontrado morto em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, em 27 de outubro. Ele foi parcialmente degolado e teve o órgão genital cortado, segundo a polícia.

Ainda segundo o depoimento de David, depois que Edison Brittes disse que mataria Daniel, todos que estavam no carro entraram em pânico e afirmaram que o jogador já tinha recebido o que merecia.

David e Ygor King, de 19 anos – outro suspeito de envolvimento no crime que também foi ouvido na sexta – disseram que não desceram do carro quando Daniel foi retirado do porta-malas e que não viram o jogador ser morto.

Depois de parar o carro, David relatou que Edison Brittes desceu do carro e pediu para ninguém mais descer, mas Eduardo Henrique da Silva, de 19 anos, saiu do carro.

Eduardo foi preso em Foz do Iguaçu, também por suspeita de envolvimento na morte. Ele foi levado para São José dos Pinhais e deve ser ouvido na segunda-feira (12). O jovem, segundo a polícia, é primo de Cristiana Brittes, esposa de Edison Brittes.

Fonte:G1




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *