Cesare Battisti é preso na Bolívia; italiano estava foragido desde dezembro

Foto Divulgação – Polícia Boliviana

O italiano Cesare Battisti, 64 anos, foi preso na madrugada de sábado (12), na cidade de Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia. A informação foi confirmada pela Polícia Federal do Brasil, na madrugada deste domingo (13).

De acordo com as autoridades da Itália, a detenção foi possível pela parceria entre investigadores italianos e bolivianos. Ele caminhava tranquilamente pela rua e usava uma barba falsa.

Battisti estava em Santa Cruz de La Sierra, uma das principais cidades da Bolívia, e foi capturado por volta das 17h do sábado. Segundo relatos, ele não tentou escapar. Questionado pelos policiais, respondeu em português. O italiano usava calça azul e camiseta, óculos escuros e barba falsa, como pode ser visto nas imagens divulgadas pela polícia italiana, em sua página oficial no Twitter.

As autoridades avaliam se a extradição para a Itália será feita diretamente da Bolívia ou se Battisti será enviado para o Brasil e, assim ser encaminhado para a Europa. Há uma aeronave do governo italiano com agentes da Aise, a agência de inteligência do país, aguardando orientações, em território boliviano.

Fonte Correio*