Suspeitos de matar PM em shopping entram na lista dos mais procurados da Bahia

Luis Eduardo Santos Ribeiro, também conhecido por ‘Chapão’, e Michel da Silva Nascimento passaram a integrar o Baralho do Crime da Secretaria da Segurança Pública, ferramenta que lista os bandidos mais perigosos do estado. Os dois criminosos são procurados por participação no latrocínio do subtenente da Polícia Militar, Fabiano Fortuna e Silva, assassinado em setembro de 2017 no Shopping Paralela. Essa é a primeira atualização de 2019 da ferramenta.

Chapão, da Região Metropolitana de Salvador, foi inserido como o ‘Dez de Copas’ e retira Marisângela Soares de Souza, ‘Mari’ ou ‘Coroa’, que teve mandado de prisão revogado pela Justiça.

Por participação no crime contra o PM, Michel tornou-se o novo ‘Oito de Ouros’ da ferramenta. Ele entra no lugar do traficante Natanael de Jesus Santos, ‘Natan’ ou ‘Gordo’, capturado por unidades da 10ª Companhia Independente da Polícia Militar, em Candeias, no início do mês.


Na época, a polícia prendeu dois suspeitos que participaram do assalto: Carlos Eduardo Santos de Araújo, o Dudu, 37 anos, e Marcelo de Moura Fernandes, 34. Eduardo foi localizado no bairro do IAPI, no dia 23 de outubro, por policiais da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos (DRFRV). Ele estava a bordo de um Gol, de cor branca, placa PKM 2057, utilizado em assaltos. Já Marcelo foi preso no dia 30 de outubro, no Vale dos Barris, por equipes do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), e confessou, segundo a Polícia Civil, a participação na morte do subtenente Fortuna.

Criado em 2011, o jogo é uma ferramenta lúdica criada pela SSP para estimular a participação popular na busca e captura de criminosos. Todo cidadão pode contribuir com o trabalho policial através do Disque Denúncia (3235-0000 e 181) que funciona 24 horas. O sigilo é garantido pela polícia. (Cooreio)