Irecê: Jovens são conduzidos à delegacia após compartilharem mensagens contra colegas

Dois adolescentes, de 16 e 17 anos, foram encaminhados para a Delegacia Territorial de Irecê depois de terem compartilhado mensagens ameaçadoras em um grupo de WhatsApp formado por alunos de um colégio no município.

 

Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), uma denúncia anônima feita ao Centro de Comunicação revelou que os dois jovens, um aluno e outro ex-estudante da unidade de ensino, gravaram áudios ameaçadores e enviaram para os colegas. Um dos meninos foi abordado no colégio e o outro em sua residência.

 

De acordo com a delegada plantonista da DT/Irecê, Ariadne Aragão de Almeida, os celulares dos dois jovens foram recolhidos e serão analisados. “O diretor do centro de ensino também compareceu na delegacia”, revelou. Em depoimento, os dois afirmaram que só repassaram mensagens que receberam via rede social, mas essa versão vai ser investigada.

 

Casos envolvendo ameaças e disseminação de mensagens com conteúdos aterrorizadores são investigados pela SSP-BA.