Moro demite delegado da Polícia Federal processado por vazamento e corrupção

Foto : Marcello Casal Jr/Agência Brasil

O ministro da Justiça, Sérgio Moro, demitiu o delegado de Polícia Federal Sílvio de Oliveira Salazar, que foi processado sob a acusação de formação de quadrilha, tráfico de influência, violação de sigilo funcional e corrupção passiva. As informações são do blog Frederico Vasconcelos, da Folha de São Paulo.

Algumas das irregularidades praticadas por Salazar foram detalhadas em portaria assinada pelo ministro, nesta quarta-feira (10): “publicar, sem ordem expressa da autoridade competente, documentos oficiais, embora não reservados” e “divulgar, através da imprensa escrita, falada ou televisionada, fatos ocorridos na repartição”.

A demissão ocorre mais de dez anos depois da prisão temporária do delegado, envolvido na Operação Avalanche, que desbaratou quadrilha de policiais e empresários suspeitos da prática de extorsão, fatos ocorridos entre dezembro de 2007 e junho de 2008.

Na operação, foram detidos empresários, despachantes aduaneiros, advogados, dois policiais civis e três federais da ativa, além de dois federais aposentados.

*M1