Caso Damiana: “Suspeito alega ter matado comerciante após uma briga”, diz delegado

O delegado Orlando Cursino fala do assassinato da comerciante Maria Damiana dos Santos, 55 anos, em Santo Antônio de Jesus. Dada como desaparecida desde o dia 01 de setembro, a proprietária do bar Cantinho dos Amigos foi encontrada morta nesta segunda-feira (09). Seu atual companheiro com quem convivia há nove anos, confessou que a matou a marretadas enquanto ela dormia. Antônio dos Santos Borges, 44 anos, foi encontrado pela polícia em uma oficina na Rua da Coreia após deixar seu veículo Ford Focus no conserto. Para o delegado, o que chamou mais atenção nesse crime bárbaro foi a frieza do suspeito que passou a semana inteira agindo como se nada tivesse acontecido, “A gente está apurando o crime de feminicídio e ocultação de cadáver, mas ele foi preso em flagrante pela ocultação de cadáver. Ele alega que teve uma briga e apontou o local que estava o corpo. Já temos bastante informação sobre o fato”, disse ao repórter Juarez Fonseca.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *