Eleições 2018: Lula tem 31%, Bolsonaro, 15%, e Marina, 10%, diz Datafolha

Uma pesquisa realizada pelo Instituto Datafolha apontou o ex-presidente Lula (PT) como líder para a corrida ao Palácio do Planalto este ano. De acordo com o estudo, em um dos cenários, o petista – preso desde o último fim de semana em Curitiba, no Paraná – tem 31% das intenções de voto, contra 15% de Bolsonaro (PSL) e 10% de Marina Silva (Rede).

De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, o instituto ouviu 4.194 pessoas em 227 municípios. As entrevistas foram realizadas entre os dias 11 e 13 de abril. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos. São mais de dez cenários. As informações foram divulgadas hoje (15).

Veja algumas possibilidades:

Cenário 1
(Se Lula conseguir se candidatar, Temer desistir e o MDB lançar Meirelles)

– Lula (PT): 31%
– Jair Bolsonaro (PSL): 15%
– Marina Silva (Rede): 10%
– Joaquim Barbosa (PSB): 8%
– Geraldo Alckmin (PSDB): 6%
– Ciro Gomes (PDT): 5%
– Alvaro Dias (Podemos): 3%
– Manuela DʹÁvila (PC do B): 2%
– Fernando Collor de Mello (PTC): 1%
– Rodrigo Maia (DEM): 1%
– Henrique Meirelles (MDB): 1%
– Flávio Rocha (PRB): 1%
– João Amoêdo (Novo): 0
– Paulo Rabello de Castro (PSC): 0
– Guilherme Boulos (PSOL): 0
– Guilherme Afif Domingos (PSD): 0
– Em branco / nulo / nenhum: 13%
– Não sabe: 3%

Cenário 2
(Se Lula conseguir se candidatar, Temer concorrer à reeleição e Meirelles não disputar)

– Lula (PT): 30%
– Jair Bolsonaro (PSL): 15%
– Marina Silva (Rede): 10%
– Joaquim Barbosa (PSB): 8%
– Geraldo Alckmin (PSDB): 6%
– Ciro Gomes (PDT): 5%
– Alvaro Dias (Podemos): 3%
– Manuela DʹÁvila (PC do B): 1%
– Fernando Collor de Mello (PTC): 1%
– Rodrigo Maia (DEM): 1%
– Michel Temer (MDB): 1%
– Flávio Rocha (PRB): 1%
– Paulo Rabello de Castro (PSC): 1%
– João Amoêdo (Novo): 0
– Guilherme Boulos (PSOL): 0
– Guilherme Afif Domingos (PSD): 0
– Em branco / nulo / nenhum: 14%
– Não sabe: 2%

Cenário 3
(Se Lula conseguir se candidatar, com Temer, Meirelles, Rodrigo Maia e Flávio Rocha de fora)

– Lula (PT): 31%
– Jair Bolsonaro (PSL): 16%
– Marina Silva (Rede): 10%
– Joaquim Barbosa (PSB): 8%
– Geraldo Alckmin (PSDB): 6%
– Ciro Gomes (PDT): 5%
– Alvaro Dias (Podemos): 4%
– Manuela DʹÁvila (PC do B): 2%
– Fernando Collor de Mello (PTC): 1%
– João Amoêdo (Novo): 1%
– Paulo Rabello de Castro (PSC): 0
– Guilherme Boulos (PSOL): 0
– Guilherme Afif Domingos (PSD): 0
– Em branco / nulo / nenhum: 13%
– Não sabe: 2%

Cenário 4
(Se o PT lançar Fernando Haddad – ex-prefeito de SP – no lugar de Lula, Temer de fora e o MDB com Meirelles)

– Jair Bolsonaro (PSL): 17%
– Marina Silva (Rede): 15%
– Ciro Gomes (PDT): 9%
– Joaquim Barbosa (PSB): 9%
– Geraldo Alckmin (PSDB): 7%
– Alvaro Dias (Podemos): 5%
– Manuela DʹÁvila (PC do B): 2%
– Fernando Haddad (PT): 2%
– Fernando Collor de Mello (PTC): 2%
– Rodrigo Maia (DEM): 1%
– Flávio Rocha (PRB): 1%
– Henrique Meirelles (MDB): 1%
– João Amoêdo (Novo): 1%
– Paulo Rabello de Castro (PSC): 0
– Guilherme Boulos (PSOL): 0
– Guilherme Afif Domingos (PSD): 0
– Em branco / nulo / nenhum: 23%
– Não sabe: 3%

 

 

 

 

*M1