A Moro, FHC diz que presidente tem dever de conversar até com ‘malandro’

Foto: Divulgação

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) afirmou ontem (11), em entrevista ao juiz Sergio Moro, que um presidente deve ouvir todos, inclusive os “malandros”. no exercício do cargo.

FHC foi ouvido como testemunha do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no processo que investiga o petista pelas reformas realizadas em um Sítio em Atibaia.

A declaração foi realizada enquanto o tucano contava sobre as audiências que tinha, enquanto chefe do Palácio do Planalto, com políticos e empresários.

A princípio, a defesa do petista indagou Fernando Henrique sobre os encontros que teve com Emilio Odebrecht, patriarca da construtora que leva o sobrenome da família.

Segundo ele, conversou não apenas com empresários, mas com líderes sindicais e líderes religiosos durante o mandato dele – não especificou, no entanto, qual destes eram os “malandros”.

Fonte: Forte na Notícia